“Tompêro” francês na cozinha brasileira

3
153
O Hachis Parmentier, cuja receita do chef Claude Troisgros está logo abaixo
O Hachis Parmentier, cuja receita do chef Claude Troisgros está logo abaixo

Emmanuel, Erick, Frèdéric, Laurent, Olivier e Roland. Esses nomes lhe parecem familiares? Será? Acredito que não. Que tal Troisgros, Bassoleil, Jacquin, Monnier, Suaudeau, Anquier e Villard? Nesse caso a coisa muda de figura, né mesmo?

Erick Jacquin, Claude Troisgros e Olivier Anquier, só pra citar alguns, disputam com as estrelas nacionais – leia-se jogadores, protagonistas de novelas, de filmes, músicos sertanejos – o coração de nove em cada dez brasileiros.

O Jacquin é o jurado mega rigoroso que dá “tompêro” ao MasterChef; o Anquier, um muso, que nos faz sonhar figurar no Diário do Olivier. E o Claude Troisgros ? Que marravilha!

O Claude, um fofo, consegue a proeza de estar a frente de dois programas simultaneamente: comanda o “Mestres do Sabor” e o “Que Marravilha”. Ao lado do Batista, seu fiel escudeiro, recebe convidados e cozinha como se estivesse em casa.

O início foi com o Menu Confiança, um programa sobre sobre vinhos e viagens. Ai veio o “Que marravilha“; depois “Aula de Cozinha“. E ainda teve o “The Taste”. Agora arrebenta na segunda temporada do “Mestres do Sabor”. Sucesso merecido.

Claude chegou ao Brasil em 1987; Erick Jacquin, em 1994. Olivier Anquier veio depois. Em 1990, ainda padeiro, tinha um quadro no programa Forno, fogão & cia. Foi só nos anos 2000, com o Diário do Olivier, que o lindo conseguiu ter um programa para chamar de seu.

Nessa altura você deve estar aí se perguntando:

– Mas, afinal, o que leva esses e outros chefs estrelados, com sobrenomes de peso, a deixarem a França e se instalarem de vez no Brasil?

Essa pergunta que não quer calar já rendeu até um longa: o “Por que você partiu”. O documentário, dirigido pelo francês Eric Belhassen, não é somente sobre comida. Mais que isso, busca desvendar os motivos que levaram os chefs a partirem em busca de uma carreira incerta no Brasil.

Para essa pergunta há várias respostas e muita especulação. Em comum, todos carregam o amor pela cozinha e pelos ingredientes.

Pra deixar você com água na boca, aqui está uma receita super simples do Claude: o Hachis Parmentier, prato francês parente bem próximo do nosso prosaico Escondidinho.

Hachis Parmentier

Ingredientes

Purê de batata
800 gramas de batatas (550 gramas de purê)
200 gramas de cream cheese
200 ml de creme de leite fresco
Noz moscada, sal
Carne
1 cebola picada
1 colher de alho picado
¼ de dedo de moça picado (facultativo)
1 colher de azeite extra-virgem
500 gramas de carne de boi moída
250 ml de molho de tomate
Salsa picada
Sal, pimenta do reino

Toque final
200 gramas de queijo suíço ralado
200 gramas de queijo parmesão ralado

Purê de batata
Cozinhe as batatas com a pele na água com sal (30 minutos). Descasque e passe no amassador de batata. Coloque o purê no fogo. Junte o creme de leite e cream cheese pouco a pouco até chegar a textura adequada. Tempere com noz moscada e sal. Misture bem com uma fouet.

Carne
Sue no azeite a cebola, alho e dedo de moça. Junte a carne moída. Refogue bem até que a carne caramelize no fundo da panela. Coloque o molho de tomate e a salsa. Tempere

Toque final
Encha ¾ de um tabuleiro de vidro com a carne. Cubra com a purê de batata. Cubra com os 2 queijos misturados. Leve ao forno 180 graus até gratinar. Sirva

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome