Inglês faz 100 anos e doa R$ 200 milhões para saúde pública

0
455
Capitão Tom Moore, que completa hoje (30-04) 100 anos, consegue arrecadar quase R$ 200 milhões para serviço de saúde público inglês. Foto - redes sociais

O capitão Tom Moore, um inglês veterano de guerra, completa hoje, 30 de abril de 2020, exatos 100 anos, mas em vez de ganhar, ele é que vai dar o presente para o serviço de saúde pública do Reino Unido. E que presente: quase R$ 200 milhões que ele conseguiu arrecadar via internet com o desafio do andador, um aposta para dar 100 voltas no seu quintal, que tem 25 metros, apoiado em seu andador.

O gesto do capitão viralizou, mobilizou o Reino Unido e ganhou o mundo. Quase 1,4 milhão de pessoas fizeram doações e ele conseguiu arrecadar 29,5 milhões de libras, o que equivale a quase R$ 200 milhões de reais. A meta do capitão era bem mais modesta: sua intenção, quando teve a ideia, era arrecadar mil libras, o equivalente a R$ 6.500.

Moore decidiu fazer a campanha para agradecer o NHS, o serviço de saúde público inglês, onde ele fez um tratamento contra um câncer e uma cirurgia para uma fratura no quadril. Por conta de seu gesto, o centenário britânico entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes, e há uma petição no país, assinada por mais de 500 mil pessoas, pedindo que ele ganhe um título de cavaleiro, que é concedido pela rainha Elezabeth II.

O príncipe William já disse que Tom Moore é uma “lenda absoluta’.

Presente: 140 mil cartões

Cartas recebidas pelo capitão Tom Moore. Foto – Redes sociais

Mas o aniversário de 100 anos do senhor Moore não vai passar em branco. Ele se tornou tão querido que até ontem já havia recebido cerca de 140 mil cartões de felicitações pelo centenário e de agradecimento pelo seu gesto. O grande volume teve que ser guardado na Bedford School, onde estuda seu neto, Benjie Ingram-Moore, de 16 anos.

O vovô Moore havia dito que não queria presentes. Mas pediu que os ingleses continuem fazendo doações para pessoas que estão sofrendo com o coronavírus, ou para instituições que cuidam de doentes com a Covid-19.

Eu realmente tenho tudo o que preciso, mas outros estão lutando devido à Covid-19, portanto, em vez de me dar, procure doar essas ofertas generosas para uma clínica ou para alguém da sua comunidade. Obrigado”, escreveu ele em uma rede social.

O capitão também recebeu homenagens do primeiro-ministro Boris Johnson, que se recuperou recentemente da Covid-19. Ele pediu ao povo do país que demonstre o mesmo otimismo e energia que o capitão Tom ao lidar com a crise do coronavírus.

“Se nós, como país, podemos mostrar o mesmo espírito de otimismo e energia demonstrado pelo capitão Tom Moore, que faz 100 anos esta semana, se podemos mostrar o mesmo espírito de unidade e determinação que demonstramos nas últimas seis semanas, então não tenho absolutamente nenhuma dúvida de que venceremos juntos”, afirmou o primeiro-ministro.

Com Agências Internacionais de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome