Poderosa Anitta usa o Carnaval para defender animais

0
1012
Anitta se fantasia de abelha para alertar sobre o risco que corre essa espécie, fundamental para a vida humana. Foto - Instagram
Anitta se fantasia de abelha para alertar sobre o risco que corre essa espécie, fundamental para a vida humana. Foto - Instagram

A cantora Anitta, hoje uma das principais artistas do país, decidiu aproveitar seu prestígio para, no Carnaval, uma das festas mais populares do mundo, defender as abelhas, que estão morrendo aos milhões mundo afora, e o urso panda, espécie ameaçada de extinção.

Em Salvador, ela puxou o bloco no circuito Dodô, em Barra-Ondina, fantasiada de abelha e deixou um alerta no no seu perfil do Instagram, onde tem uma legião de 45 milhões de seguidores: as abelhas estão seriamente ameaçadas e, no Brasil, correm ainda mais risco depois que o governo federal liberou o uso de uma grande quantidade de agrotóxicos que estão matando esses insetos.

“As abelhas – advertiu a artista – que são insetos polinizadores, segundo a FAO, são responsáveis por 75% de toda a produção de alimentos do mundo. Alimentos para a nossa sobrevivência e de todo o ecossistema. Além disto, elas são fundamentais para a sobrevivência das florestas tropicais”, assinalou.

Anitta ainda acrescentou: “Sem a polinização desses insetos, teríamos uma alteração de todo o ecossistema e clima do planeta o que acarretaria danos irreversíveis, ameaçando a sobrevivência na Terra.” A cantora ainda assinalou que as abelhas estão seriamente ameaçadas e, consequentemente, os seres humanos também.

Relacionada

Estudo da UFV pode ajudar a salvar as abelhas

Pandas

Ainda em Salvador, em outro bloco, Anitta se fantasiou de panda também para alertar sobre o risco de extinção que corre esse animal originário da China. “Vocês sabiam que mesmo após a proibição da caça aos pandas gigantes na China, os ursos ainda correm risco de extinção?”, perguntou a artista em post nos eu perfil no Instagram.

Ela mesma deu a resposta: “Dessa vez, pelas mudanças climáticas causadas pela poluição do homem ao meio ambiente. Sensíveis a essas mudanças, estima-se que 35% das florestas de bambu sumirão do planeta nos próximos 80 anos e com elas os pandas, que só se alimentam disso. É preciso que cada um de nós tente fazer sua parte, seja ela do tamanho que for, para que essa e outras espécies não desapareçam.”

As abelhas, os pandas e os defensores das causas ambientais agradecem a Anitta, artista que, com seu prestígio, dá visibilidade e alerta para a importância da preservação dessas espécies.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome