BH ganha 16ª estação de monitoramento da qualidade do ar

0
592
BH ganha nova estação de monitoramento da qualidade do ar

A rede de estações de monitoramento da qualidade do ar, na região metropolitana de Belo Horizonte, ganhou reforço que visa analisar e detectar condições meteorológicas na cidade.

A 16ª estação da Grande BH, que também é a quarta da capital mineira, foi inaugurada em janeiro, no campus da PUC Minas, no bairro São Gabriel, e terá condições ampliar o monitoramento urbano, especialmente no Vetor Norte da cidade.

A estação integra a rede de monitoramento da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), que possui 44 estações instaladas em todo o Estado de Minas Gerais.

Com a ampliação, a região metropolitana passa a ter uma cobertura que abrange Anel Rodoviário e a avenida Cristiano Machado. “É uma região com grande concentração de emissões veiculares”, diz o gerente de Monitoramento da Qualidade do Ar e Emissões da Feam, Flávio Daniel Ferreira.

Os dados são disponibilizados diariamente no site da Feam, para que possam ser acompanhados pela população.

Monitoramento

O monitoramento da qualidade do ar consiste em medições contínuas das condições meteorológicas e das concentrações dos poluentes encontrados com maior frequência na atmosfera, que podem causar danos ao meio ambiente e à saúde humana.

Os mais comuns são o material particulado (poeira), dióxido de enxofre, monóxido de carbono, óxidos de nitrogênio, hidrocarbonetos e ozônio.

O gerente da Feam explica que a análise dos parâmetros observa inúmeros aspectos como: partículas (poeira), gases, direção e velocidade do vento, pressão atmosférica, precipitação pluviométrica, radiação solar global, umidade relativa do ar, entre outros.

“Os técnicos interpretam os dados e os transformam em informações que são aplicadas em políticas públicas como, as ligadas à emissão de poluentes”, diz Ferreira.

As 44 estações de Minas Gerais estão distribuídas em 15 municípios: Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirité, Ipatinga, Itabira, Paracatu, Pirapora, Timóteo, Coronel Fabriciano, São José da Lapa, Brumadinho, Nova Lima, Barra Longa e Congonhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome