Lixo zero: veja dicas para evitar o desperdício

0
958
Lixo zero reduz impacto ambiental

Já pensou em viver sem gerar resíduos? Pois muita gente é adepta da filosofia lixo zero, uma forma de lidar com o que consumimos de forma a ter desperdício e descarte mínimos.

Uma das maiores preocupações mundiais, quando se fala em meio ambiente é: o que fazer com o lixo? Compramos mais do que precisamos e nem sempre damos o destino correto. Há muito desperdício de alimentos e materiais, o que faz a vida na Terra ser muito dispendiosa.

No mundo inteiro, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas, o equivalente a um terço de tudo o que é produzido no planeta. O Brasil é um dos campeões em perder alimentos.

Segundo dados do World Resources Institute, o país joga fora, anualmente, 41 mil toneladas de alimentos. Essa marca coloca o Brasil entre as dez nações que mais desperdiçam comida.

Essa perda gera um impacto econômico astronômico: cerca de R$ 3 trilhões.

Claro, o lixo zero não é só sobre alimentos. Há que se pensar em embalagens e materiais utilizados no cotidiano, que podem ter um destino ecologicamente correto.

O cidadão tem papel fundamental para reduzir a quantidade de lixo produzido no Brasil. Tomar atitudes conscientes ajuda o meio ambiente, o futuro do país e a economia também.

E é possível reduzir sua marca e gerar o mínimo possível de lixo. Para fechar a semana em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, o Boas Novas MG dá dicas para que você não desperdice e faça a sua parte na proteção da natureza.

Programe suas compras

Você vai ao supermercado? Então, faça uma lista. Dessa forma, você evita o desperdício e compras desnecessárias.

Somos tentados a colocar mais coisas no carrinho quando não estamos preparados para fazer uma compra. E nem sempre pegamos somente o essencial. A gente facilmente é convencida a levar a mais, coisas, inclusive, que não queremos e, às vezes, nem gostamos.

Outra vantagem de programar compras é evitar levar para casa produtos que engordam, como salgadinhos, doces e bolachas. Se não está na lista, nem precisa passar pelo corredor desses itens.

Reutilize ao máximo

Hoje, é muito fácil encontrar refis para vários produtos, como itens de limpeza e banheiro. Até cosméticos já têm suas opções de refis. O custo é menor do que comprar uma embalagem nova.

Dê atenção a sacolas reutilizáveis em suas compras, em vez de optar pelas de plástico. Vai na feira? Use um carrinho.

Crie novos usos para embalagens e produtos que não são mais utilizados.

Faça coleta seletiva para chegar ao lixo zero

Separar o lixo e dar o destino correto é um caminho sem volta. Apesar de apenas 3% do lixo gerado ser reciclado no Brasil, a coleta seletiva é uma das atividades mais importantes na sociedade.

Fornece um papel de gerador de renda para quem não tem trabalho, além de eliminar itens que demorariam décadas para se desintegrarem na natureza.

Veja o que você pode reciclar e confira se sua cidade tem coleta seletiva e onde estão os postos. Essa é uma das boas formas para você chegar ao lixo zero.

Compre produtos a granel em vez de embalados

Produtos embalados podem até ser muito cômodos, afinal, já foram selecionados e são práticos. Basta escolher a bandeja e colocar no carrinho. Mas eles geram necessidade de material que pode ser eliminado da sua rotina.

Opte por compras a granel. Além de ajudar no combate ao desperdício de matéria-prima, você acaba conhecendo mais sobre cada alimento.

Evite o uso de descartáveis

Talheres, copos e canudos, entre outros, podem ser práticos. Afinal, ninguém precisa lavar louça depois.

Mas o uso constante gera um custo ambiental alto. Opte por canecas ou garrafas de vidro para se hidratar durante o dia. No trabalho, vale manter um jogo de talheres para eventuais festas e celebrações. Assim, você não só faz a sua parte, mas também ajuda a conscientizar seus colegas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome