Torcedor rifa ingresso de jogo para tratar cão com câncer

0
116
Danilo decidiu rifar ingresso da semifinal da Libertadores para bancar tratamento de câncer de Doce, o seu cachorro vira-lata. Foto - Instagram Danilo - Reprodução
Danilo decidiu rifar ingresso da semifinal da Libertadores para bancar tratamento de câncer de Doce, o seu cachorro vira-lata. Foto - Instagram Danilo - Reprodução

Se você é torcedor fanático por um time de futebol, sonha com a possibilidade de que ele chegue à final da Copa Libertadores. Melhor que isso é saber que seu time está muito próximo de chegar lá e que você vai assistir a grande partida.

Mas o flamenguista Danilo Mello, do Rio de Janeiro, decidiu rifar o ingresso para a semifinal da Libertadores do jogo entre Flamengo e Grêmio, no próximo dia 23, no Maracanã, para bancar o tratamento de seu cãozinho Doze, que foi diagnosticado com um câncer agressivo.

Doze é um vira-lata que tem 5 anos de idade e recebeu este nome porque foi exatamente no dia 12 de dezembro de 2012 que Danilo conheceu sua namorada Renata. O cãozinho foi doado e está com ele desde bebê. Mas, recentemente, foi diagnosticado com câncer, provavelmente por conta de um pouco de sangue de Sharpei, raça mais protensa a desenvolver a doença.

Quando recebeu o diagnóstico, Danilo, que está desempregado, pensou em vender o carro para bancar o tratamento, estimado em R$ 7 mil. Mas como ainda restam prestações a serem pagas, desistiu. Foi ai que lembrou que tinha comprado, como sócio torcedor, o ingresso para a semifinal do Flamengo x Grêmio da Libertadores. Como os ingressos estão esgotados, achou que poderia conseguir a grana com uma rifa.

Deu certo. Em pouco tempo, Danilo e suma namorada Renata conseguiram levantar R$ 9 mil, dinheiro mais que suficiente para bancar o tratamento do Doze, que já começou. O Boas Novas está na torcida para que o cãozinho do Danilo se recupere plena e brevemente. E, quem sabe, que ele possa estar na final da Libertadores, já com o Doze curado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome