Armário de temperos dá harmonia para sua cozinha

0
818
Armário de temperos dá harmonia para sua cozinha

Acredito que os temperos funcionam com a comida como a harmonia funciona com a música. Os sabores ácidos elevam a complexidade dos preparos, assim como a gordura aveluda e deixa tudo deslizando pela boca de forma suntuosa, com um quê de elegância. É como ouvir uma música da Madeleine Peyroux, com a sensualidade ácida e elegante do jazz e a delicadeza de sua voz.

É necessário frescor, aquela pitada de erva fresca na salada, um toque de hortelã ou, para os mais ousados, coentro, por que não? Mastigo hortelã e o gosto que me vem a cabeça é bossa nova. Nara Leão e Roberto Menescal tocando em 1987 “O Barquinho” e aquela calma de verão.

Me desculpe a doçura, mas picância é fundamental. Não só a das pimentas, que parecem explodir o palato, tal qual Ann Wilson nos explode os ouvidos cantando “Barracuda”. Falo também daquela picância silenciosa, que nos ataca pela beirada. O sabor da canela, do gengibre, da noz moscada. Esse sabor de Marisa Monte, de quem “ri alto, bebe e fala palavrão”, mas não desperdiça um sorriso se quer.

A dica de hoje é a sugestão de um armário de temperos e uma floreira básica para ervas. Dos mais exóticos trago uma explicação sucinta, mas de grande valor

Monte seu armário de temperos

  • Sumagre: Especiaria que possui um toque de acidez, com um sabor frutado, mas muito suave e amplamente utilizada no Oriente Médio. O sumagre é utilizado em diversos países como substituto do limão. Utilize em carnes grelhadas, frangos, peixes, kebabs, saladas e frutos do mar. Experimente mesclá-lo ao iogurte natural com ervas, para conseguir um molho leve e refrescante, ou misturá-lo com azeite para temperar pães e servir como aperitivo.
  • Pimenta síria: A receita mais tradicional é composta de: ½ medida de noz moscada (ralar na hora para manter o sabor mais intenso); 2 medidas de pimenta-da-jamaica; 1 medida de cravo da índia, 1 medida de pimenta-do-reino e 1 medida de canela em pó. Muito utilizada em pratos como quibes, kaftas e recheios para esfihas. Utilize também em peixes assados e cozidos e na preparação de molhos.
  • Pimenta caiena: A pimenta caiena é quente, saborosa e quando, consumida regularmente, pode trazer muitos benefícios ao organismo humano. Além do seu efeito termogênico, a pimenta caiena é um forte estimulante do metabolismo e é rica em vitaminas A e C. Utilize para temperar carnes, peixes, frangos, omeletes, saladas e o arroz, ou na preparação de molhos, sopas, caldos e sucos. Muito utilizada na preparação de recheios para tapiocas ou para fazer geleias.
  • Pimenta-do-reino (branca e preta)
  • Louro
  • Noz moscada
  • Cúrcuma
  • Páprica (doce e picante)
  • Cominho
Uma floreira deixa sua cozinha bem equipada

Monte a sua floreira

  • Manjericão
  • Tomilho
  • Salsa
  • Cebolinha
  • Hortelã
  • Sálvia
  • Orégano

Com esse kit, não tem refeição sem harmonia na sua cozinha nunca mais.

*****

No dia 24 de novembro, o Cozinhas Gerais vai preparar o menu “Manoel de Barros: voar fora da asa é preciso”. Não percam, restam apenas 30 lugares. Veja mais informações na nossa página do Facebook e no perfil do Instagram! Quer reservar? Mande um Whatsapp: (34) 99190-0067.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome