Startups buscam inovar o turismo em Belo Horizonte

0
849
Desafio do Hackatur foi criar soluções para o turismo em Belo Horizonte

Com o intuito de incrementar o turismo em Belo Horizonte, a Belotur, o Sebrae Minas e Ampro (Associação de Marketing Promocional) lançaram o Hackatur: Desafio de Inovação em Turismo. A proposta dessa iniciativa é desenvolver soluções em web, mobile e hardware para toda a cadeia do segmento.

O Hackatur quer promover melhorias para o turismo em Belo Horizonte e firmar a capital mineira como destino turístico. Além disso, a proposta também pretende ampliar a competitividade da cadeia produtiva do turismo na cidade, a fim de gerar novos modelos de negócios e soluções inovadoras.

A primeira etapa, finalizada em agosto, selecionou cinco startups que atenderam a dois desafios propostos: como avaliar a experiência do turista em um evento ou serviço, lançado pela Ampro, e como valorizar a cultura de Minas Gerais, Belo Horizonte e região metropolitana para o turista, da BH Airport, que administra o Aeroporto Internacional de Confins.

As cinco startups finalistas disputam dois prêmios: R$ 5 mil e um voucher para participação na HSM Expo 2018, uma das principais feiras de inovação e tecnologia do país, que acontece em São Paulo, em novembro deste ano.

Os projetos selecionados vão passar por processos de aceleração, que incluem monitorias e workshops, acompanhados por especialistas do mercado e pela BH Airport e Ampro. Essa etapa visa ao desenvolvimento e amadurecimento das soluções propostas.

A etapa final acontece no dia 30 de outubro. As startups terão cinco minutos para apresentar os projetos finais. Potenciais investidores vão participar do evento, com intuito de gerar de negócios e soluções para todo o mercado de turismo em Belo Horizonte. Duas empresas sairão vencedoras.

Conheça os projetos selecionados

JMM Tech

A proposta da JMM Tech para o desafio da BH Airport pode funcionar como totens digitais espalhados pelo aeroporto ou como aplicativo. Com essa tecnologia, o passageiro que se encontra no local terá todas as informações sobre localização, alterações de horários de voos e de acesso aos terminais, as várias opções de transporte do aeroporto para Belo Horizonte e serviços como lojas, restaurantes e casas de câmbio, por exemplo.

Para a Ampro, a startup criou o Inlive, um aplicativo que, conectado ao wi-fi de eventos (festivais, feiras, congressos, convenções), permite ao visitante a localização georreferenciada de todos os serviços oferecidos, estandes, praças de alimentação, palcos, banheiros, entre outros. Ao mesmo tempo, o Inlive informa ao produtor qual foi o trajeto do participante no evento, o que ele visitou, seu tempo de permanência no evento, entre outras informações importantes para mensurar, com detalhes, a experiência do cliente.

Explora

O app Explora foi apresentado para o desafio da Ampro. O objetivo é oferecer uma solução para o viajante de ponta a ponta e de maneira personalizada. Dessa forma, o usuário pode planejar sua viagem, com compra de passagens e reserva de hotéis, criar um roteiro de atrações de acordo com seu perfil e, por fim, avaliar a experiência que teve na cidade. Isso tudo em um só aplicativo.

Traveller

O Traveller é um aplicativo que pretende incentivar o envolvimento do turista com os atrativos e passeios da cidade visitada por meio de gamificação. O app ainda está em fase de desenvolvimento e foi apresentado como solução para a Ampro. A ideia é que o usuário interaja com o local visitado como se estivesse em um jogo. Nos roteiros propostos, ele poderá desvendar charadas e receber informações sobre os atrativos. Os pontos ganhos são transformados em benefícios para o viajante em estabelecimentos parceiros do app.

Hi Position

O projeto Hi Position foi apresentado para o desafio da Ampro e consiste na implantação de dispositivos de comunicação localizados em alguns atrativos turísticos da cidade. O objetivo é trazer praticidade para o visitante, que receberá, por meio de um aplicativo, informações sobre o local, obras de arte, atrativos turísticos e pontos relevantes na cidade. Ele poderá, também, fazer o pagamento das entradas de forma direta e digital, além de comprar passagens de ônibus, fazer reservas em hotéis, alugar um carro e escolher seus eventos favoritos.

Made in BH

A solução Made in BH atende ao desafio proposto pela BH Airport. A ideia é construir um espaço físico que funcionaria como uma central de experiências da cultura de BH e região. O projeto visa transformar as chegadas e partidas do aeroporto numa experiência marcante e única com um jeito de receber que só o mineiro sabe fazer. A estrutura seria sensorial e, mais do que vender produtos, funcionaria como uma espécie de museu sobre a história da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome