21ª Mostra de Cinema de Tiradentes começa dia 19

0
1039
A histórica Tiradentes vai sediar a 21ª Mostra de Cinema, entre 19 e 27 de janeiro. Foto - Divulgação

Já tem data marcada o primeiro grande evento do ano dedicado ao cinema brasileiro. A 21a Mostra de Cinema de Tiradentes será realizada entre os dias 19 e 27 de janeiro, com a exibição de mais de 70 filmes, entre longas (sete deles inéditos) e curtas.

A programação é inteiramente gratuita e reúne, além dos filmes, teatro, circo, música, literatura, dança, artes plásticas e visuais. O evento vai marcar também o início das comemorações dos 300 anos da cidade histórica mineira.

O impacto da realidade no cinema brasileiro contemporâneo será o tema central do festival. A seleção de curtas-metragens reúne 70 títulos, que retratam temas como racismo, sexualidade, opressão, liberdade, resistência, crise de representação, indigenismo.

Os 70 curtas estarão distribuídos em nove mostras: Foco (cujos filmes concorrem ao prêmio do Júri da Crítica), Foco Minas (que destaca a produção mineira, estado que sedia o evento), Panorama, Chamado Realista, Praça, Regional, Formação, Jovem e Mostrinha. Entre os 70 curtas, 19 foram produzidos em Minas Gerais.

Homenagem

O ator Badu Santana será o homenageado na 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes. Foto - Leo Lara/Universo Produção-Divulgação
O ator Badu Santana será o homenageado na 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes. Foto – Leo Lara – Divulgação

O homenageado da 21a Mostra de Cinema de Tiradentes será ao ator carioca Babu Santana. Sua atuação já poderá ser conferida no filme de abertura do festival, Café com Canela, uma produção baiana da dupla Ary Rosa e Glenda Nicácio, a ser exibido na noite de 19 de janeiro. Babu interpreta o dentista de uma cidade do interior, num personagem bastante diferente daqueles que o tornaram conhecido a quem acompanha o cinema brasileiro nos últimos 15 anos.

A primeira aparição de Babu nas telas foi no filme Cidade de Deus (2002). Mas foi com Uma Onda no Ar (2002) e As Alegres Comadres (2003) que o ator começou a chamar atenção. Diversos títulos se seguiram, como O Homem do Ano (2003), Quase Dois Irmãos (2004) e Estômago (2007). Em 2014, Babu engordou 15kg para encarnar o cantor Tim Maia na cinebiografia homônima.

Nascido em dezembro de 1981 no Rio de Janeiro, a escolha por Babu Santana como o homenageado do festival de Tiradentes, segundo os organizadores, se deve especialmente pela sua trajetória singular. Na maior parte dos filmes nos quais atuou, Babu fez personagens de vivências marginais ou policiais enfezados.

Além de Café com Canela na abertura da Mostra, a homenagem ao ator inclui a exibição de outros dois longas-metragens durante a programação: Uma Onda no Ar, de Helvécio Ratton, e o inédito Bandeira de Retalhos, de Sérgio Ricardo, e ainda, uma mesa de debate com foco na trajetória pessoal e artística de Babu.

300 anos

Na abertura da mostra, será lançada a campanha Descubra #Tiradentes300anos. A ideia é integrar uma série de ações comemorativas pelo aniversário de 300 anos da cidade histórica mineira, que teve seu conjunto arquitetônico tombado em 1938.

A campanha vai apresentar ao público os principais pontos turísticos da cidade e despertar o interesse em participar da programação da 21ª Mostra Tiradentes.

A expectativa é de que a 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes receba cerca de 35 mil pessoas durante os nove dias de duração. A programação completa do festival pode ser conferida aqui

Serviço

21 ª Mostra de Cinema de Tiradentes

Quando – De 19 a 27 de janeiro

Onde – Tiradentes-MG

Quanto – toda programação é gratuita

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome