As belas imagens de uma tempestade de raios no México

0
256
Hernando Riveira
Raios sobre a cidade de Colima, no México, registrados pelo fotógrafo Hernando Riveira. Fotos - Hernando Rivera Cervantes

Os raios são uma das manifestações mais violentas da natureza que costuma assustar muita gente, mas também fascina e encanta outras tantas. Nessa segunda categoria está o fotógrafo mexicano Hernando Rivera Cervantes, 37 anos, que confessa ser um amante dos raios desde criança.

No último final de semana, o fotógrafo teve a chance de registrar, durante pouco mais de 5 minutos, uma tempestade de raios na cidade mexicana de Colima, que a população chamou de “A noite dos mil garfos”, dada a impressionante quantidade de descarga elétrica que caiu sobre a região.

Fotógrafo Hernando Rivera contemplando os raios em Colima, México

“O som foi suficiente para manter toda a cidade acordada”, conta o fotógrafo. “Capturei mais de 50 imagens, o que foi incrível. Sou fascinado por raios desde criança e sempre me impressionou sua grande energia e luz”, acrescentou Cervantes, que fez uma montagem com 42 belas fotos que ele postou em suas redes sociais e que estão ganhando o mundo.

A tempestade de raios atingiu uma área equivalente a 265 quilômetros quadrados, próxima ao vulcão Colima, o mais ativo do México. Os raios caindo próximo ao vulcão também foram fotografados por Cervantes.

Raios caindo próximo ao vulcão Colima, o mais ativo do México. Esta foto é de 2015
Raios caindo próximo ao vulcão Colima, o mais ativo do México. Esta foto é de 2015

Brasil, campeão de raios

O Brasil é o pais com o maior número de raios por ano do mundo. Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), 77,8 milhões de descargas elétricas despencam todos os anos no país.

Algumas razões: a localização e do tamanho de nosso território. O Brasil é o maior país tropical do planeta e os trópicos têm o clima mais suscetível a tempestades.

Estima-se que haverá 10% mais raios cada vez que a temperatura global do planeta aumentar 1 °C. E isso, para a humanidade, significa mais danos a estruturas e redes elétricas e mais incêndios naturais em florestas.

Com The Sun e GNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome