Cristo Redentor pede orações a países afetados por Covid

0
1071
Bandeiras de 150 países que registraram casos de coronavírus foram exibidas ontem à noite no Cristo Redentor, Rio de Janeiro.
Bandeiras de 150 países que registraram casos de coronavírus foram projetadas ontem à noite no Cristo Redentor, Rio de Janeiro.

Bandeiras de 150 países e mapas dos continentes que enfrentam a pandemia do coronavírus, foram projetadas ontem (18-03) à noite no Cristo Redentor, Rio de Janeiro, uma iniciativa para mostrar apoio e esperança ao mundo.

Como as visitas ao Cristo, que é um dos principais cartões postais do país, estão suspensas como medida preventiva, a cerimônia de iluminação contou com a presença de pouquíssimas pessoas, entre elas o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Dom Orani Tempesta, e o reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo.

A estátua do Cristo Redentor tem 38 metros de altura e fica a 709 metros do nível do mar. Durante a projeção, os religiosos rezaram o Pai Nosso aos pés do monumento. A solenidade terminou com a exibição da hashtag #rezemosjuntos, lançada pelo Papa Francisco para mobilização pelas pessoas contaminadas pela Covid-19.

As imagens do Cristo Redentor ganharam o mundo com um vídeo que a agência de notícias Reuters publicou em seu Twitter (abaixo).

Sem turistas

Como há recomendação das autoridades sanitárias para evitar locais com grande aglomeração, a Cúria Metropolitana do Rio de Janeiro decidiu suspender as visitas ao Cristo Redentor, em princípio, por sete dias.

Quem já havia comprado o bilhete de acesso ao monumento pode reagendar a visita para até 180 dias após a data de emissão.

Relacionadas

WhatsApp quer combater fake news sobre coronavírus

Em tempo de Covid-19, TVs liberam canais fechados

EUA testam 1ª vacina contra coronavírus em humanos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome