Dez boas notícias de 2019 que vão ajudar o meio ambiente

0
1358
População de baleias Jubarte, antes ameaçadas de extinção, volta a crescer em todo o mundo. Foto - Pixabay
População de baleias Jubarte, antes ameaçadas de extinção, volta a crescer em todo o mundo. Foto - Pixabay

Em meio a queimadas de grandes áreas da floresta Amazônica, aumento do lixo plástico nos mares, falta de acordo entre as grandes nações do mundo para evitar o aquecimento global e tantas outras notícias ruins em relação ao meio ambiente, 2019 registrou boas novas que merecem ser relembradas.

Separamos dez boas notícias deste ano que se despede, na área ambiental, para compartilhar com nossos leitores.

10 – Empresa holandesa apresenta primeiro carro solar de longo alcance do mundo

O primeiro carro movido a energia solar do mundo
O primeiro carro movido a energia solar do mundo

Em julho, a empresa automotiva holandesa Lightyear apresentou o primeiro carro solar de longo alcance do mundo: o veículo totalmente elétrico para quatro passageiros chamado Lightyear One.

O protótipo já havia vendido 100 pedidos para serem atendidos em 2021, depois de apresentado a um público selecionado de investidores, clientes, parceiros e imprensa na Holanda durante o verão.

A equipe de engenheiros internacionais da Lightyear (alguns vindos da Ferrari e Tesla) disse que agora acredita que é um ponto de virada histórico na luta contra as emissões globais de CO2.

9 – Mais de um milhão de jardineiros unidos para garantir alimento a abelhas e borboletas

Foto do USDA, CC

Em abril, a Rede Nacional de Jardins de Polinizadores conseguiu superar a meta de criação de um milhão de jardins que vão ajudar a garantir a sobrevivência das abelhas e borboletas. Foram registrados pouco mais de 1.040.000 jardins dentro do chamado Desafio de Milhões de Polinizadores.

A organização lançou a ambiciosa iniciativa em 2015 como um meio de salvar polinizadores, responsáveis ​​por cerca de uma em cada três mordidas de alimentos que comemos todos os dias.

Embora a maioria dos jardins polinizadores registrados esteja esteja concentrada nos Estados Unidos, o projeto também recrutou membros no Canadá, México e Europa. Os espaços registrados, a maioria composta por pátios privados e jardins públicos, somam uma rede de aproximadamente 20 milhões de hectares de habitat melhorado ou novo polinizador.

8 – Nova fábrica usa enzimas para reciclar todos os tipos de plásticos

Foto de Carbios

A startup francesa Carbios está pronta para resolver a maioria dos problemas de reciclagem do mundo com um novo processo que usa enzimas para quebrar os plásticos PET mais problemáticos (como bandejas de alimentos pretos contaminados) em uma forma tão pura que pode ser usada para fazer garrafas de água claras que parecem e agem como aqueles feitos de petróleo.

A empresa de química verde anunciou em outubro que havia desembolsado recursos para a construção de uma nova planta de reciclagem que usará enzimas para bioreciclar – de uma só vez e em poucas horas – plástico multicolorido, como bandejas de alimentos ou camisas de poliéster – para as quais a taxa de reciclagem é próxima de zero.

7 – “Bateria de água” de 3 andares reduziu gastos com energia em 40% em um mês

Foto de USC

A primeira bateria do tipo, que foi ligada na Universidade da Costa do Sol (USC), Austrália, em setembro, foi projetada para armazenar energia gerada por 6.000 painéis solares que foram instalados nos telhados do campus – e já reduziu seu uso geral de eletricidade em 40%.

Nos próximos 25 anos, o tanque de energia térmica deve economizar US $ 100 milhões em custos de ar-condicionado e reduzir drasticamente as emissões de gases de efeito estufa da escola, segundo seus representantes.

6 – Pesquisadores criam roteiro pioneiro para salvar Terra de mudanças climáticas

O estudo, publicado em abril, foi o primeiro do gênero a delinear uma estratégia internacional econômica para manter as emissões de carbono do planeta em 1,5 graus Celsius. Foi também o primeiro estudo desse tipo a sugerir uma estratégia global que não envolva tecnologia de captura de carbono.

O relatório “Sistema global de energia baseado em energia 100% renovável – setores de energia, calor, transporte e dessalinização” foi conduzido pela Universidade de Tecnologia Lappeenranta (LUT), na Finlândia, e pelo Grupo de Vigilância Energética (EWG), da Alemanha.

5 – Canoas de plástico são construídas em Camarões para ajudar pescadores carentes

Foto de Madiba e Natureza

Um jovem inovador de Camarões está limpando a poluição em sua cidade, transformando garrafas de plástico em barcos que são doados a pescadores carentes.

Ismaël Essome Ebone foi inspirado pela primeira vez a construir seus “EcoBoats” em 2011, quando era estudante. Depois que seus barcos fizeram sucesso, ele investiu todo o seu dinheiro no lançamento de sua organização sem fins lucrativos Madiba & Nature: uma instituição de caridade dedicada à coleta de resíduos plásticos de toda a região, para transformá-lo em barcos para ecoturismo e pescadores necessitados.

Graças ao sucesso do empreendimento de reciclagem, a organização camaronesa conseguiu este ano instalar o primeiro EcoBin do país para coletar, classificar e reciclar resíduos.

4 – Alto-forno revolucionário vaporiza o lixo, que é transformado em energia limpa

Foto de Sierra Energy

A empresa Sierra Energy, da Califórnia (EUA) está se preparando para lidar com todo o lixo não reciclável que acaba em aterros por meio de vaporização, transformando-o em energia limpa, sem desperdício ou emissões.

O combustível produzido com a tecnologia FastOx é declaradamente 20 vezes mais limpo que os padrões de combustível da Califórnia. Além disso, todos os gases gerados pelo processo químico são capturados para reutilização – por exemplo, para substituir combustíveis fósseis que alimentam aviões ou para uso como fertilizante, hidrogênio ou etanol.

Em agosto, a empresa anunciou que conseguiu fechar uma rodada de investimentos da Série A de US $ 33 milhões para desenvolver e comercializar sua tecnologia para municípios e aterros sanitários, para que possam converter resíduos em energia limpa e renovável e combustíveis.

3 – Tecnologia de jovem holandês resgata lixo plástico do Pacífico para reciclagem

Foto da limpeza do oceano

Pela primeira vez na história, os conservacionistas coletaram lixo da Grande Ilha do Pacífico para reciclagem.

Boyan Slat, holandês da cidade de Delft, conseguiu chegar com uma embarcação de sua ONG Ocean Cleanup na chamada Grande Ilha de Lixo do Pacífico, uma área estimada em 1,6 milhão de quilômetros quadrados no oceano Pacífico, entre a Califórnia e o Havaí, onde estão concentradas mais de 79 mil toneladas de lixo flutuando.

Após um ano de testes, a organização Ocean Cleanup anunciou em outubro que sua embarcação System 001 / B havia capturado e coletado com sucesso restos de plástico da região para serem reciclados.

2 – População de baleias Jubarte cresce e espécie não está mais ameaçada de extinção

Foto de Christopher Michel, CC

A intensa pressão da indústria baleeira no início de 1900 fez com que a população de baleias jubarte do Atlântico Sul caísse para apenas 450 animais, depois que aproximadamente 25 mil desses mamíferos foram caçados em 12 anos.

No entanto, um estudo da Escola de Ciências Aquáticas e da Pesca da Universidade de Washington, publicado em novembro, revelou que a população da espécie agora voltou a ser de 25 mil.

As jubartes costumam vir para as águas de Abrolhos, no Sul da Bahia, entre julho e novembro, para reproduzir.

1 – Cientistas descobrem quantas árvores precisaram ser plantadas, bem como onde, para impedir crise climática

Foto por Crowther Lab / ETH Zurique

De acordo com um estudo histórico publicado pelo Crowther Lab da ETH Zurich (Suíça) em julho, cerca de 1 bilhão de hectares de terra em todo o mundo seriam adequados para o reflorestamento, o que poderia capturar dois terços das emissões de carbono produzidas pelo homem.

Como o laboratório investiga soluções baseadas na natureza para as mudanças climáticas, os pesquisadores mostraram pela primeira vez onde no mundo novas árvores poderiam crescer e quanto carbono elas armazenariam.

Com GNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome