Recife de corais deixa lista de lugares ameaçados de extinção

0
880
Recife de Belize deixa lista de lugares ameaçados de extinção

O segundo maior recife de coral do mundo acaba de ser retirado da lista de lugares ameaçados de extinção.

Depois de ser considerado ameaçado em 2009, o Sistema de Reserva da Barreira de Corais de Belize foi removido da lista de Patrimônio Mundial em Perigo, produzida pelo Centro de Patrimônio Mundial da Unesco.

A decisão foi tomada pelo Comitê do Patrimônio Mundial durante a 42ª reunião anual, realizada em Manama, no Bahrein.

A Barreira de Corais de Belize foi listada como ameaçada devido a uma série de perigos, como o desenvolvimento insustentável do turismo em muitas ilhas da região. As notícias sobre as possíveis atividades de extração de petróleo e gás na região também apresentavam ameaças ao frágil ecossistema do local.

O Comitê do Patrimônio Mundial creditou às medidas de proteção de Belize como a causa da vitória histórica da conservação. Como forma de proteger o recife, o país proibiu a exploração de petróleo ao longo de toda a zona marítima do país em dezembro de 2017 e recentemente reforçou as regulamentações florestais para proporcionar uma melhor proteção dos manguezais.

Recifes de Belize são habitat de espécies em extinção

O sistema de recifes de Belize entrou pela primeira vez na lista do Patrimônio Mundial em 1996. É um sistema natural extraordinário que consiste na maior barreira de recifes no hemisfério norte, com atóis, várias centenas de restingas, florestas de mangue, lagoas costeiras e estuários.

O conjunto é considerado um habitat significativo para espécies ameaçadas, incluindo as tartarugas marinhas verde, o peixe-boi das Índias Ocidentais e o crocodilo marinho americano.

* Com informações da Goodnews Network

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome