Subverter a ordem pra vencer a quarentena

2
447
Bolo de chocolate com cenoura by Gisele Bicalho - Foto - arquivo pessoal
Bolo de chocolate com cenoura by Gisele Bicalho - Foto - arquivo pessoal

“Ali me retive a contemplar a casa como que irrealizada em pintura. Entendi que por muita que fosse a estrada eu nunca ficaria longe daquele lugar. Nesse instante, escutei o canto doce de minha mãe”.

Lindeza de texto. Adoraria que fosse da minha lavra. Mas é do Mia Couto, escritor que amo a perder de vista.

Aí vem alguém aqui de casa e comenta:

– Você vive falando nesse tal de Mia Couto. É Mia pra cá, mia pra lá. Agora está até falando em batizar o gato com o nome dele.

Plagiando Drummond, outro querido, eu amo o Mia porque amo. Não poderia ser diferente. Mia é um construtor de palavras. Adoro o toque “roseano” impresso na escrita dele. Admirador confesso do nosso Guimarães Rosa, Mia alinha seus textos com invenções carregadas de imagens e musicalidade. Quer ver?

“- Nunca tive causas, a minha bandeira sempre fui eu mesmo.
– Mas, Zeca, você não se lembra da nossa mãe?
– Não gosto de antiguar os tempos. Minha cabeça é de curto alcance. “

Mas, voltando à vaca fria, se é pra quarentenar, que seja em casa. Lugar uterino. Lar, abrigo, aconchego. Se tiver sabor de bolo, perfume de café passado na hora, melhor ainda.

É por falar em gostosuras, ando devendo a receita do Bolo de Chocolate. Aquela mesma que deu o que falar nas redes sociais. Onde já se viu subverter a ordem e mexer em time que está ganhando? Euzinha aqui, uai! No meu bolo autoral (ui, que chiqueza! ) o chocolate vai na massa e na ganache. A cenoura muda de status. Na minha receita ganha calda e vai para o topo do bolo. Invencionices by Gisele. Recomendo em tempos de quarentena.

Bolo de chocolate com cenoura

Comece batendo 4 gemas com 2 colheres sopa de manteiga, 1 pitada de sal, 11/2 xícara de chá de açúcar e uma colher de extrato de baunilha. Bata até obter um creme claro e liso. As claras devem ser batidas a parte.

Adicione ao creme 3 xícaras de chá de farinha de trigo peneiradas, uma xícara de chocolate 50% com 1 colher de sopa de fermento em pó e uma pitada de sal. Alterne com um copo de café coado (temperatura ambiente). Mexa delicadamente.

As claras em neve devem ser incorporadas ao final.

Forma bem untada e enfarinhada, forno já aquecido em 180 graus. Mais ou menos 30 a 35 mintos de forno.

Desenforme, cubra com ganache e compota de cenoura.

Compota de cenoura

  • 300g de cenoura picada em cubos
  • ½ anis estrelado
  • 3 cravos
  • 1 xícara de água
  • 1 e ½ xícara de açúcar
  • Pique a cenoura em cubos pequenos e junte à calda. Deixe ferver até engrossar.

Ganache

  • 200 g de chocolate meio amargo
  • ¾ de xícara (chá) de creme de leite fresco
  • Leve uma panela pequena com um pouco de água ao fogo médio – ela vai servir de base para o banho-maria.

Na tábua, pique fino o chocolate. Transfira para uma tigela de vidro (ou inox) e encaixe sobre a panela com água fervente – ela não deve encostar no fundo da tigela, o chocolate deve derreter com o vapor. Junte o creme de leite e misture bem até derreter e ficar lisa.

Retire a tigela do banho-maria e deixe esfriar. Assim que amornar, leve a geladeira por 10 minutos, retire e misture bem. Se o dia estiver muito quente, repita esse procedimento quantas vezes necessário até esfriar a ganache.

Com uma espátula, espalhe a ganache sobre o bolo e sirva a seguir.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome