Musical celebra 15 anos do projeto Árvore da Vida

0
284
Jovens do projeto social Árvore da Vida fazem apresentação única hoje, em Belo Horizonte, para celebrar 15 anos de vida. Fotos - Studio Cerri
Jovens do Instituto Árvore da Vida fazem apresentação única hoje, em Belo Horizonte, para celebrar 15 anos de vida do projeto. Fotos - Studio Cerri

Um espetáculo para comemorar 15 anos de vida e celebrar muitas conquistas. O Instituto Árvore da Vida, um projeto social que atende moradores da região do Jardim Teresópolis, em Betim, faz hoje (23) às 19h30, Cine Theatro Brasil, a apresentação do musical “Por isso que eu canto”, em parceria com o grupo teatral Ponto de Partida. O musical tem como fio condutor a trajetória, sonhos, desejos e alegrias dos jovens da comunidade.

Há bons motivos para a celebração. Desde que foi fundado, 15 anos atrás, o Árvore da Vida beneficiou mais de 22 mil moradores da região do Jardim Teresópolis, com atividades socioeducativas, capacitação profissional e apoio ao empreendedorismo e ao desenvolvimento comunitário. E um dos resultados mais expressivos foi na educação dos jovens da comunidade.

O índice de aprovação dos alunos que participam do Árvore da Vida era, em 2004, de 71%. Saltou para 96% em 2018. Os jovens do projeto passaram a ter também mais motivação para os estudos. O índice de alunos que frequentavam a escola, que no início das atividades era de 84%, chegou a 100% no ano passado.

Os responsáveis pela iniciativa afirmam que os adolescentes que participam ou participaram das atividades promovidas pelo instituto têm 3,6 vezes mais chances de continuar a estudar e uma probabilidade 4,8 vezes maior de fazer um curso superior.

Experiência transformadora

No musical “Por isso que eu canto”, 47 adolescentes vão cantar 15 músicas do repertório de artistas consagrados, como “Baila Comigo”, de Rita Lee, “No Balanço do Balaio”, de Vander Lee, e “Só Eu Sou Eu”, de Marcelo Jeneci.

“O espetáculo foi concebido para falar deles [dos jovens]. Quem são, de onde vêm, o que sentem, com o que sonham, por que é vital conquistarem uma voz. O roteiro musical funciona como um texto dramático e as letras são essenciais para que o público perceba a história que se apresenta”, explica Regina Bertola, diretora e criadora do Ponto de Partida.

A jovem Medleing Lissa Souza Silva, de 14 anos, fala de sua ansiedade e das expectativas para o show de hoje à noite. “Estou doida para subir no palco e ouvir os aplausos no final”, confessa a adolescente, que está no projeto desde 2016 e conta como foi importante para sua vida participar do Árvore. “Tem um significado muito grande porque tudo que aprendi tem uma participação do Árvore da Vida. A música melhora minha autoestima”, afirma.

O Árvore pela Vida, que neste ano atende 680 adolescentes de 11 a 16 anos com oficinas de violão, percussão, canto coral e formação humana, foi desenvolvido pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para ajudar no desenvolvimento social da comunidade do Jardim Teresópolis. A iniciativa criou raízes e hoje é uma associação sem fins lucrativos composta e gerida por membros da própria comunidade.

“Promover o desenvolvimento socioeconômico e cultural da região sempre fez parte do nosso objetivo e, mais do que investimento em educação, é um investimento nas pessoas, que são protagonistas de toda a história que o musical conta”, diz Fernão Silveira, diretor de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da FCA para a América Latina.

O espetáculo “Por isso que eu canto” terá apresentação única hoje à noite, às 19h30, no Cine Theatro Brasil, no centro de Belo Horizonte, com entrada gratuita. Ingressos disponíveis no Sympla.

Serviço

O que é – Espetáculo “Por Isso Que Eu Canto”

Quando – 23/10/2019

Onde – Cine Theatro Brasil – Av. Amazonas, 315 Centro – Belo Horizonte

Horário – 19h30

Quanto – De graça

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome