Ambulante de Montes Claros se emociona com ato de cidadãos

0
586
O ambulante de Montes Claros, Leonardo Ferreira Soares
O ambulante de Montes Claros, Leonardo Ferreira Soares | Foto: Valdivan Veloso/G1

Uma ação truculenta de fiscais da prefeitura transformou a vida de Leonardo Ferreira Soares. O ambulante de Montes Claros vendia sucos e salgados na praça Doutor Carlos, na região central da cidade, quando foi abordado pela fiscalização.

Seus produtos seriam apreendidos sem justificativa, mas um jovem que passava pelo local viu a ação e decidiu comprar um suco de Leonardo. Imediatamente, outras pessoas também correram para comprar os produtos e conseguiram evitar a apreensão e perda de todo o material.

O gesto emocionou o vendedor. Uma pessoa gravou a cena, e o vídeo viralizou nas redes sociais. Em páginas do Facebook, o número de visualizações ultrapassou os 2,5 milhões.

Além disso, os moradores de Montes Claros estão se mobilizando para ajudar Leonardo, que está desempregado. Nas redes sociais, eles já propuseram divulgar essa história para ver se surge alguma oportunidade de emprego.

Foi formada uma verdadeira rede do bem para ajudar Leonardo em um momento tão difícil.

Ambulante de Montes Claros queria comprar gás

Leonardo foi para a praça porque precisava ganhar algum dinheiro para poder comprar um botijão de gás e fazer a feira. No momento da ação, o primeiro ato de Leonardo foi começar a distribuir seus produtos, até que a história mudou de rumo.

“A população não quis e começou a me pagar. Graças a Deus consegui o dinheiro que precisava”, disse em entrevista ao G1 Grande Minas. Ele pretendia arrecadar R$ 100 e conseguiu.

Ele está desempregado há quatro anos, desde sua volta de São Paulo. Só conseguiu fazer alguns bicos, mas não tem renda fixa. Mora com a mulher num barracão alugado e tem o sonho de montar uma padaria ou lanchonete.

O que chamou a atenção de Leonardo foi que outros vendedores ambulantes não foram abordados na ação dos fiscais. A Prefeitura respondeu que esse tipo de trabalho faz parte do Código de Postura da cidade do norte de Minas Gerais, mas condena a forma como foi feita com Leonardo.

* Com informações do G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome