Açaí é nova esperança para ajudar combater a malária

0
185
Estudo de pesquisadores brasileiros e dos Estados Unidos mostra que extrato de açaí é eficiente no tratamento da malária. Foto - Embrapa
Estudo de pesquisadores brasileiros e dos Estados Unidos mostra que extrato de açaí é eficiente no tratamento da malária. Foto - Embrapa

Pesquisadores da Universidade de campinas (Unicamp) e da Universidade A&M, do Texas (EUA), descobriram que extrato de açaí, uma fruta rica em antioxidantes, pode ser muito eficaz para ajudar a combater a malária, doença contagiosa que de janeiro a março deste ano já atingiu quase 32 mil pessoas no Brasil.

No mundo, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 200 milhões de pessoas contraíram a doença a doença em 2018. Mas os estudiosos estão observando que o parasita que causa a malária está desenvolvendo resistência a muitos medicamentos antimaláricos, incluindo o principal, chamado cloroquina.

E é aí que o extrato de açaí aparece como uma solução. Segundo a professora Letícia Ferreira, da Unicamp, os pesquisadores extraíram polifenóis das bagas de açaí e depois aplicaram os extratos a culturas de parasitas da malária cultivadas em uma placa.

A equipe constatou que uma classe de polifenóis chamados fenólicos de nonantocianinina inibiu o crescimento dos parasitas da malária tanto sensíveis quanto resistentes à cloroquina. Na pesquisa, os polifenóis de açaí foram administrados oralmente em camundongos infectados com a malária.

O tratamento reduziu a carga parasitária no sangue dos animais em 89,4%, em comparação com os camundongos não tratados. Todos os animais que receberam polifenóis sobreviveram por mais de 15 dias, enquanto nenhum dos não tratados sobreviveu.

Por enquanto, os experimentos até agora foram feitos apenas em animais de laboratório, mas os resultados são animadores o suficiente para levar a pesquisa a uma nova etapa.

Fruto é usado há séculos por curandeiros

Muito comum na região amazônica, o açaí já era usado há séculos por curandeiros tradicionais para tratar os sintomas da malária. Nos últimos anos, o alto conteúdo antioxidante da fruta aumentou sua popularidade fora do país e tem levado alguns pesquisadores a considerá-la um “superalimento”.

A atividade antioxidante da fruta tem origem principalmente nos polifenóiss, compostos que têm sido associados a benefícios à saúde, como perda de peso, prevenção de doenças cardiovasculares e diminuição do risco de câncer.

Por ser comercializado como uma “superfruta” em mercados norte-americanos, que destacam os efeitos benéficos da frutaq para a saúde, um grupo de pesquisadores da Universidade Texas A&M tem estudado o açaí desde 2001.

Com Diário da Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome