Uma receita que lembra o Natal na casa dos avós

0
519
Receita de torta de batatas lembra casa da avó

Época de Natal me lembra da casa da vovó cheia de primos loucos para ajudar na cozinha. É claro que, naquela época, nosso objetivo não era bancar o master chef. Estávamos mais interessados em raspar os tachos de doce, limpar com os dedos as sobras de massa crua de bolo e vigiar o forno para pegar a primeira rosca da Neide.

Nunca me canso de lembrar dessas memórias. Acho que avós assim estão em extinção. A avó do meu filho terá outras diversões e bem menos netos. Não que isso seja ruim, só fico pensando que as Reinações de Narizinho e todo o Sítio do Pica-Pau-Amarelo perderão parte da identificação instantânea que aconteceu comigo para essa nova geração.

É! Sou saudosista, ou talvez esteja… Não importa! Ainda sonho com o sabor das comidas da Tia Anastácia, eternizada na figura de Jacira Sampaio. Sempre sonhei com um Natal no Sítio, com a minha primeira musa da culinária.

Hoje, pensando em um prato para fazer junto com a criançada, criei essa tortinha de batatas. Fácil de montar e crianças de qualquer idade podem participar.

Receita de torta de batatas

Ingredientes

  • 2 batatas médias
  • 3 fatias de peito de peru
  • 3 colheres de sopa de queijão ou cream cheese
  • 3 fatias de muçarela
  • 2 ovos batidos com 50 ml de leite
  • 4 colheres de sopa de salsinha
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Primeiro, descasque as batatas e rale como se quisesse fazer batata chips. Coloque as batatas na água.

Unte 4 ramequins com azeite e comece a dispor os ingredientes. Intercale os ingredientes entre as camadas de batata (batata, peito de peru, batata, requeijão, batata, muçarela).

Na última camada, polvilhe a salsinha, jogue o ovo com leite (sal e pimenta) e coloque um pouco de queijo ralado.

Asse em fogo baixo (180° C) por 20 minutos, suba os ramequins para a parte mais alta do forno e aumente a temperatura para gratinar por 5 minutos (230° C).

Diversão garantida e um lanche da tarde diferente. Feliz Natal!

*****

Quer ler as outras receitas e crônicas da Marina? Então visite a página do Cozinhas Gerais! Vamos trocar receitas e histórias?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome