Seed abre inscrição para selecionar 40 novas startups

0
564
Novas startups selecionadas vão ser aceleradas pelo Seed, que funciona na antiga Estação 104, no centro de Belo Horizonte. Foto - Seed/divulgação
Novas startups selecionadas vão ser aceleradas pelo Seed, que funciona na antiga Estação 104, no centro de Belo Horizonte. Foto - Seed/divulgação

Estão abertas as inscrições para que startups de todo o Brasil e até mesmo de outros países possam fazer parte do Seed (Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development), iniciativa do governo mineiro que tem como objetivo fomentar o empreendedorismo e a inovação em Minas Gerais.

O edital, disponível no site do Minas Digital, prevê a seleção de 40 startups e empresas de base tecnológica, que terão acesso a um programa de desenvolvimento empreendedor e de aceleração. Cada uma das selecionadas vai receber um capital semente de até R$ 80 mil, livre de participação, além de outros benefícios não financeiros.

Podem se inscrever maiores de 18 anos, brasileiros ou estrangeiros, que tenham disponibilidade para permanecer em Belo Horizonte durante o período do programa. O produto deve apresentar alto potencial de impacto no ecossistema de inovação e empreendedorismo de Minas Gerais.

Os projetos serão selecionados por uma equipe externa a partir da avaliação de critérios como inovação, escalabilidade, capacidade técnica e complementar da equipe, atitude empreendedora, potencial de mercado, entre outros.

No Seed, as starups vão participar de um programa de aceleração, durante seis meses, quando vão receber formação empreendedora e contar com uma estrutura dedicada com mentores experientes, eventos e um ambiente propício para conexões com empresas e investidores.

De acordo com a secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, os selecionados terão acesso a um espaço de coworking com toda infraestrutura necessária para comportar até três pessoas de cada startup, além de serviços e ferramentas de tecnologia. As 40 selecionadas serão anunciadas no dia 6 de junho.

A contrapartida das empresas aceleradas é feita durante o programa, quando os participantes desenvolvem atividades de difusão sobre empreendedorismo e inovação. Eles oferecem workshops, cursos e oficinas para a população de Minas Gerais, disseminando a cultura empreendedora, trocando experiências e ampliando a rede de contatos pelo estado.

 A contrapartida das empresas aceleradas é feita durante o programa, quando os participantes desenvolvem atividades de difusão sobre empreendedorismo e inovação. Eles oferecem workshops, cursos e oficinas para a população de Minas Gerais, disseminando a cultura empreendedora, trocando experiências e ampliando a rede de contatos pelo estado.

Agente de fomento para startups

O Seed é um dos maiores agentes de fomento do ecossistema de empreendedorismo e inovação brasileiro. Ele integra o Minas Digital, iniciativa do governo mineiro que tem como principal objetivo transformar o estado no maior hub de startups e inovação da América Latina. O programa é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

Desde 2013, quando foi lançado, o Seed já promoveu quatro rodadas de aceleração. Ao longo desses anos, recebeu 5.408 inscrições e contou com a participação de 152 startups, sendo 116 brasileiras e 36 estrangeiras de 25 nacionalidades, com um total de 384 empreendedores.

As empresas aceleradas geraram 300 empregos diretos em Minas Gerais e captaram cerca de R$ 22 milhões em investimentos. O coworking do programa, que fica na Praça da Estação, no centro de Belo Horizonte (Praça Rui Barbosa, 104) recebeu, apenas em 2017, 9 mil visitantes.

Com o lançamento do 5º edital, o Seed espera receber inscrições de todas as regiões de Minas Gerais, todos os estados do Brasil e dos cinco continentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome