Boas perspectivas para a indústria mineira em 2018

0
502
Dados divulgados pela Fiemg apontam que a economia mineira vai ter desempenho positivo em 2018
Dados divulgados pela Fiemg apontam que a economia mineira vai ter desempenho positivo em 2018

No mesmo dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga que o PIB (o conjunto de todas as riquezas produzidas no país) cresceu 1% em 2017, boas notícias vieram também da indústria de Minas. Em janeiro, houve um crescimento de 5,8% no faturamento da indústria mineira na comparação com o mesmo mês do ano passado. Este é o primeiro resultado positivo para janeiro em cinco anos, de acordo com a pesquisa Indicadores Industriais da Fiemg.

Não chega a ser uma notícia que mereça soltar foguetes nem muito menos abrir um champagne. Mas é um bom indicativo de que este ano de 2018 não será tão tenebroso como os anteriores, especialmente 2015 e 2016. De acordo com previsões da Fiemg, o Produto Interno Bruto (PIB) do estado deve fechar este ano com crescimento da ordem de 2,57%, o que se refletirá na geração de empregos.

“Os dados, especialmente de alguns setores importantes da economia do estado, como o  extrativo mineral, de alimentos, automotivo e a cadeia metalúrgica nos permitem afirmar que a indústria mineira está num processo claro de recuperação”, afirma o vice-presidente da Fiemg, Lincoln Gonçalvez, embora ele mesmo reconheça que a recuperação, muito provavelmente, vai ser lenta.

Outro dado positivo apontado pela pesquisa da Fiemg. Em janeiro, houve uma melhora no nível do emprego no Estado, que cresceu 0,7% na comparação com dezembro do ano passado. A massa salarial, o rendimento médio e a utilização da capacidade instalada (UCI) também mostraram elevação em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2017, conforme o levantamento da entidade.

O vice-presidente da Fiemg, Lincoln Gonçalves (esq.), na divulgação da pesquisa Indicadores Industriais de Minas
O vice-presidente da Fiemg, Lincoln Gonçalves (esq.), na divulgação da pesquisa Indicadores Industriais de Minas

Agropecuária

O crescimento do PIB em 2017 divulgado pelo IBGE, embora de modesto 1%, teve como principal responsável a agropecuária, que avançou 13% no ano passado, o melhor desempenho para o setor desde 1996. Em 2016, o setor havia encolhido 4,3%. Só a produção de milho cresceu, no ano passado, 55,2%, e a de soja 19,4%.

Contribuiu também o desempenho positivo da economia no ano passado o setor de serviços, que tem o maior peso na composição do PIB e que avançou 0,3% no ano passado. O crescimento de 1,1% nas atividades imobiliárias apontado pelo IBGE é outro dado positivo, na opinião do economista chefe da Fiemg, Guilherme Veoloso. Segundo ele, é indicativo de que a construção civil, outro importante segmento da indústria que emprega milhares de pessoas, está também em processo de recuperação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Por favor insira seu nome